101º Batalhão Panzer Pesado SS



Todo o conhecimento que os humanos acumularam ao longo dos séculos sobre 101º Batalhão Panzer Pesado SS está agora disponível na Internet, e compilámo-lo e organizámo-lo para si da forma mais acessível possível. Queremos que possa aceder a tudo sobre 101º Batalhão Panzer Pesado SS que queira saber de forma rápida e eficiente; que a sua experiência seja agradável e que sinta que encontrou realmente a informação sobre 101º Batalhão Panzer Pesado SS que procurava.

Para atingir os nossos objectivos, fizemos um esforço não só para obter a informação mais actualizada, compreensível e verdadeira sobre 101º Batalhão Panzer Pesado SS, mas também nos certificámos de que o design, a legibilidade, a velocidade de carregamento e a usabilidade da página são tão agradáveis quanto possível, para que possa concentrar-se no essencial, conhecendo todos os dados e informações disponíveis sobre 101º Batalhão Panzer Pesado SS, sem ter de se preocupar com mais nada, já tratámos disso para si. Esperamos ter alcançado o nosso objectivo e que tenha encontrado a informação que pretendia sobre 101º Batalhão Panzer Pesado SS. Assim, damos-lhe as boas-vindas e encorajamo-lo a continuar a desfrutar da experiência de utilização de scientiapt.com .

101º Batalhão Panzer Pesado SS
Schwere SS-Panzerabteilung 101
(renumerada: Schwere SS-Panzerabteilung 501 )
Ativo 19 de julho de 1943 - maio de 1945
País  Alemanha nazista
Filial Sinalizar Schutzstaffel.svg Waffen-SS
Modelo Panzer
Função Guerra blindada
Tamanho Batalhão , até 45 tanques
Parte de I SS Panzer Corps
Equipamento Tiger I , Tiger II
Comandantes

Comandantes notáveis
Heinrich Kling
Insígnia

Símbolo de identificação
S SS-Pz Abt 101.jpg

101º Batalhão Panzer SS Pesado ( alemão : Schwere SS-Panzerabteilung 101 ) foi um batalhão de tanques pesados alemão na Waffen-SS durante a Segunda Guerra Mundial . Com a introdução dos novos tanques Tiger II no final de 1944, a unidade foi renumerada como 501º Batalhão Panzer SS Pesado (em alemão : Schwere SS-Panzerabteilung 501 ).

Histórico operacional

O batalhão foi criado em 19 de julho de 1943, como parte do I SS Panzer Corps , formando duas novas empresas de tanques pesados constituídas por tanques Tiger I e incorporando a 13ª Companhia (Pesada) do 1º Regimento SS Panzer. Foi agregado à 1ª SS Panzer Division Leibstandarte e enviado à Itália em 23 de agosto de 1943, onde permaneceu até meados de outubro. A 1ª e a 2ª empresas foram então enviadas para a Frente Leste, enquanto o resto da unidade ficou no Oeste .

Com a antecipada invasão aliada da Europa Ocidental se aproximando, elementos do batalhão no Leste foram ordenados ao Oeste em abril de 1944. Em 1 de junho de 1944, o batalhão estava localizado perto de Beauvais , a noroeste de Paris . De seus 45 Tigres, 37 estavam operacionais e outros oito estavam em reparos. Com o desembarque do Dia D em 6 de junho, ele foi enviado para a Normandia, onde chegou em 12 e 13 de junho. Em sua primeira batalha em 13 de junho, Kompanie 2, liderada por Michael Wittmann, infligiu graves danos aos britânicos em Villers-Bocage, resultando no fim da Operação Perch . O batalhão perdeu 15 de seus 45 Tigres em 5 de julho, incluindo na Batalha de Villers-Bocage .

Nessa época, as equipes excedentes da unidade começaram a se equipar com os novos tanques Tiger II. Em 7 de agosto, a divisão deixada na Normandia tinha 25 Tigres, dos quais 21 estavam operacionais. Em 8 de agosto de 1944, três de seus sete Tigres, cometidos em um contra-ataque perto de Saint-Aignan-de-Cramesnil , foram destruídos por vaga-lumes Sherman britânicos , e outros dois foram destruídos pelo 27º Regimento Blindado Canadense, matando Michael Wittmann . O batalhão perdeu virtualmente todos os seus Tigres restantes no bolso de Falaise e a subsequente retirada alemã da França.

Em 9 de setembro, os restos mortais da unidade foram condenados a descansar e se reformar com os novos Tiger IIs. Com esta mudança em 22 de setembro de 1944, foi redesignado o 501º Batalhão Panzer SS Pesado . Em 15 de março de 1945, relatou uma força de 32 tanques, dos quais oito estavam operacionais. Quatro dias depois, Heinrich Kling foi nomeado comandante da unidade.

Veja também

Notas

Referências

Opiniones de nuestros usuarios

Francisco Leal

Esta entrada em 101º Batalhão Panzer Pesado SS me ajudou a terminar meu trabalho para amanhã no último momento. Eu já podia me ver puxando a Wikipedia novamente, algo que o professor nos proibiu. Obrigado por me salvar.

Elaine Saraiva

Fiquei encantado ao encontrar este artigo sobre 101º Batalhão Panzer Pesado SS.

Carolina De Oliveira

Isso mesmo. Fornece as informações necessárias sobre 101º Batalhão Panzer Pesado SS.

Laura Cabral

Obrigado por este post em 101º Batalhão Panzer Pesado SS, é exatamente o que eu precisava.